BJD
31 máx 19 min
BragançaPaulista18 Jan 2018


Colunistas


IPTU Ecológico
Sábado,  11 NOV 2017
Tamanho dos caracteres

 Fui autor da Lei nº. 755/2013 que prevê benefícios tributários, redução de IPTU e ISS às pessoas físicas e jurídicas proprietárias de imóveis residenciais e comerciais que adotem medidas que estimulem a proteção, a preservação e a recuperação do meio ambiente.

O beneficio, que poderá chegar a 10%, será concedido para quem adotar as seguintes medidas:

a) sistema de captação da água da chuva;
b) sistema de reuso de água;
c) sistema de aquecimento hidráulico solar;
d) sistema de aquecimento elétrico solar;
e) áreas permeáveis superiores a 50% (cinquenta por cento) do terreno.

Quem preencher qualquer uma (ou mais de uma) dessas medidas deverá fotografar o imóvel com a prova, se dirigir à Secretaria do Meio Ambiente, onde será feita a vistoria do imóvel por um fiscal, e a concessão (ou não) do beneficio.

2 – Perguntas

1 – Bairro do Curitibanos está com estrada (Crispim Marques) em péssimas condições. Vereador João Carlos Carvalho repetiu tal denúncia. Vai haver providência?

2 – E o alerta do vereador Quique Brown sobre o perigo de perdermos o sinal da TV Cultura na TV aberta? A Prefeitura tomou providência?

3 – A Sabesp fez proposta ao município? Qual foi? Por que não divulgam?

3 – Denúncia grave

Caminhão descarregando entulho dentro do lago do Aurélio Frias Fernandez, próximo ao Vem Viver. Fato foi filmado, entregue o vídeo ao edil Gabriel, que apresentou a denúncia, com placa do caminhão. Haverá providencias?

4 – Vereadores criticam

Vários vereadores da base do Grupo Chedid estão “descendo a lenha” na situação da cidade. Buracos, falta de iluminação, mato, escorpiões etc. Acabou a lua de mel?

5 – Reunião na Comissão de Justiça

Segundo diretores do Plano de Saúde da Santa Casa, os contratos com o SISMUB têm validade de um ano, e depois são renegociados. As partes chegaram a um valor para firmar novo contrato. A questão de comunicação entre SISMUB e seus filiados obviamente não é responsabilidade da entidade (Plano de Saúde Santa Casa).

6 –Comandante

Prefeito Jesus reassumiu a Prefeitura. Acho que agora irá reduzir os “desacertos” e “bate cabeças” que estão acontecendo (caso do IPTU complementar e seus prazos, vetos a projetos, desencontro entre liderança e advogados da prefeitura, decretos publicados e revogados etc.).

Com um só comando, teremos menos desencontros.

7 – Estradas da região

Muitos acidentes fatais nas estradas da região. Bragança – Amparo, Bragança – Itatiba, Bragança – Socorro e até a Bragança – Piracaia, são palcos. Variante do Guaripocaba também.

Embora muitos acidentes ocorram por erros humanos, as condições das estradas também colaboram.

Estamos sendo negligenciados pelo governo estadual, que só faz promessas e falsos anúncios.

8 – Número de homicídios

O número de homicídios dolosos no Brasil foi de 61 mil em 2016 (30 por 100 mil habitantes). O estado de São Paulo tem níveis bem menores (menos de 10 por cem mil habitantes).

Em 2016 tivemos 10 assassinatos em Bragança (incluindo dois latrocínios – matar para roubar), o que dá índice de 7 mortes por cem mil habitantes, que é baixo.

Nos EUA, com todos atentados, e liberação de venda de armas, são cerca de 18 mil assassinatos por ano (com 300 milhões de habitantes – índice de 6 mortes por 100 mil habitantes).

No Japão, os índices são mínimos. Menos de 0,5 (1/2 homicídio por 100 mil habitantes), ou seja, 60 vezes menos que no Brasil.

9 – Folclore: 1% de chance

Final dos anos 70. O Junior gostava de fazer uma brincadeira idiota com as garotas.

Toda vez que ficava sozinho com alguma no carro, em local sem movimento, começava a mudar a voz, balançar a cabeça... fazia estar sendo tomado por um espírito.

Fez isso umas 5 ou 6 vezes, e todas se assustaram, gritavam, choravam e ele desmentia, e ria.

Certa vez, ele parou lá nos altos do Jardim Santa Helena com uma estudante de medicina, e começou a encenação. Mudou a voz, balançou a cabeça... e a moça, impassível, superfria, disse:
- O que é isso? Você está passando mal?

Ele aumentou a dose, olhou fixo pra ela, e deu uma gargalhada horrível... ela olhou pra ele, de forma indiferente.

Ele tentou o último truque, dizendo:
- Aqui é um espírito, não é o Junior.

Ela olhou fixo e respondeu:
- Aqui não é a Silvana... é alguém que já morreu

Ele começou a arrepiar, e como ela continuava olhando fixo, ele ficou assustado e disse:
- Acabou a brincadeira, vamos embora.

Ela segurou a mão dele e não deixou ligar o carro.
Junior falou:
- Tá bom... confesso... eu estou com medo.

Ela respondeu:
- Você é um tonto.

A garota era espírita (ele soube depois). Ele jura que achava com 99% de possibilidade, que ela estava encenando (num fogo de encontro a ele). Mas me disse:
- Mas eu pensei... há 1% de chance de ser castigo.