BJD
33 máx 20 min
BragançaPaulista18 Jan 2018


Colunistas


Raposão “fora de área”
Sexta-Feira,  29 SET 2017
Tamanho dos caracteres

 Celular hoje é quase que imprescindível! Raposão não se lembra de conhecer alguma pessoa que não tenha celular, pois com a transformação desse aparelho em verdadeiros computadores de mão, seu uso diário ficou extremamente popular e necessário. Mas, celular tem hora que “enche o pacová”, não é verdade? Ainda mais depois que inventaram esse tal de WhatsApp é bip pra tudo quanto é lado!!!

Mas, vai aqui uma dica de Raposão: Quer descansar do seu celular que toca a todo instante ou bipa a cada segundo indicando mensagem? Quer dar uma desculpa para a esposa ou marido para seu celular estar fora de área? Diga que estava no Shopping de Bragança! Lá sinal de celular nem se você subir no telhado ou se fizer promessa!

A verdade é que um empreendimento comercial desse porte e importância teria de ter uma atenção maior das operadoras de telefone móvel, pois elas estão marcando bobeira, afinal em um centro comercial dessa grandeza não ter sinal de celular ou ele ser muito ruim, como é, é inadmissível! As próprias operadoras iriam ganhar muito mais dinheiro se todo o pessoal que frequenta o Shopping tivesse sinal e usasse o celular à vontade.

Enquanto as operadoras não “acordam” para esse problema, fica a dica: quer descansar do seu celular? Vá ao Shopping!

SÓ PARANDO

Já que o assunto é o Shopping de Bragança, outro detalhe que poderia ser sanado, para o conforto de muitos usuários que frequentam tal empreendimento comercial, é a falta do dispositivo de pagamento automático de estacionamento (os populares “sem parar’).

Como Raposão citou acima, têm coisas que são imprescindíveis em certos locais.

Alô direção do Shopping: até quando teremos que estacionar “Só Parando”?

190

Foi a época que você ligava para a polícia e era um policial de Bragança mesmo que atendia sua ligação e ele já sabia onde era a rua, o local e, se bobeasse, até quem era a pessoa que estava falando com ele!

Já faz tempo que o número de atendimento da polícia (o popular 190) foi centralizado em um local só, no nosso caso, na cidade de Campinas. Isso mesmo que você leu: quando você liga para a polícia para relatar, por exemplo, que a casa do seu vizinho está sendo assaltada, quem atende é lá em Campinas, tudo isso porque o governo estadual quer economizar alguns trocados.

Pensando nisso, os vereadores de Bragança querem a volta do 190 a Bragança. Pelo menos é isso que pedem na Moção 56/17 (“moção” é uma espécie de um “pedido chique”).

Com a “má vontade” que o governo do Geraldo Alckmin tem de investir em polícia, especialmente na polícia civil, e na sede que o mesmo tem em economizar em segurança pública, sabe o que essa Moção vai dar?

NAAAAAAADAAAAAAA!

E quem viver, verá!

TV DIGITAL PARA RICOS ?

O fim da TV analógica, prevista para o dia 29 de novembro, deveria ser adiado por mais algum tempo, talvez por mais um ano. É nítido que o sistema digital ainda apresenta problemas, com poucos canais “pegando” e ainda muita gente sem acesso a esse sistema.

Na casa do Raposão o que pega prá valer é só na operadora de TV paga, pois se dependesse da anteninha digital, aquela que a gente compra e põe ao lado da TV, não pegaria quase nada!!!! Uns dois ou três canais é o que consigo sintonizar gratuitamente! O resto? Só pagando!

Manter o sinal analógico por mais um ano, creio que se faz necessário, desde que não se abandone esse sistema como vemos no nosso Jardim Público, onde parece que as antenas analógicas que tem por lá parecem todas abandonadas e sucateadas.

Ou se prolonga por mais um ano ou mais a TV analógica ou estaremos transformando a TV em mais um bem que somente pessoas mais abastadas terão direito de assistir.

ENTULHO FANTASMA ?

Jogaram entulho lá no bairro Maranata, bem debaixo das barbas de uma câmera de monitoramento. Das três, uma: ou a câmera não funciona ou não tinha ninguém monitorando (a câmera não tem vida própria) ou o entulho era fantasma.

Escolha sua alternativa.

CLUBE DO BOLINHA OU DA “RODINHA”

Sempre me perguntam o motivo que nosso país não vai prá frente? Obviamente que a resposta é bem vasta e ampla, mas o número de políticos que não entende “bulhufas” de nada e ainda são nomeados para cargos ou assessoria de sei lá de quem, ganhando verdadeiras fortunas em departamentos ou em Prefeituras ou em Assembleias ou em Câmaras ou sei lá aonde, onde nada fazem (alguns nem aparecem para trabalhar), é uma verdadeira afronta aos cofres públicos e um desrespeito ao suado imposto que o trabalhador brasileiro paga!!!!

Quem aqui não conhece um vereador que não se elegeu ou um candidato a prefeito que perdeu a eleição e depois foi nomeado para algum cargo comissionado para que ele possa passar bem esses quatro anos até a próxima eleição?

Como se vê, o “conserto” do Brasil passa pela “diminuição do Estado”, com cada vez mais ele deixando de atuar em várias áreas e tendo cada vez menos funcionários, quer sejam concursados ou não.

Os esquerdistas vão pirar, mas Raposão afirma sem medo de errar: Num país com os desmandos e políticos inescrupulosos que temos, privatizar quase tudo é a solução!!!

O que? Esperar que nosso país não tenha desmandos e nem políticos inescrupulosos???!! Vais morrer e não verás isso!!!!

VISITA CALÓRICA

Vereadores e funcionários da Câmara Municipal estiveram, na semana passada, em visita à fabrica de chocolates ARCOR, empresa que produz cerca de 100 toneladas de chocolates por mês e emprega uns 380 funcionários (média de 263,15 quilos por funcionários).

Sinceramente...Raposão pensou que, com essa produção (100 toneladas/mês), a ARCOR empregasse diretamente bem mais gente!

O que os vereadores foram fazer lá? Ora, comer chocolate!! O que mais poderiam fazer? E nem convidaram Raposão...

ASSALTO NO VELÓRIO

É verdade, acredite: está tendo assalto até no velório. Tem defunto que, com medo, está pedindo para ser cremado direto, sem sequer ser velado!

Tem um vereador que quer a instalação de câmeras no local, como se a câmera fizesse o ladrão correr. Raposão prefere que, ao menos no período noturno, tenha Guarda Municipal por lá, afinal proteger os próprios públicos é uma das funções dela.

Com tamanha insegurança, Raposão já pediu para “Deus do céu” não chamar a minha senha por enquanto, pois além de eu ter medo de ser roubado depois de morto, também gostaria de, ao menos, ter um velório tranquilo, já que minha vida foi muito agitada, ainda mais nesses últimos tempos.

POLUIÇÃO VISUAL

Todos vão ter de se adequar, afinal placas e luminosos não poderão ocupar mais de 33% da fachada dos prédios comerciais de Bragança. Em São Paulo, há quase dez anos, no governo Gilberto Kassab, uma limpeza geral foi feita e Raposão achou que ficou muito bom com a cidade tendo um visual mais limpo. O ponto ruim disso é que isso representa mais despesas para os comerciantes, pois muitos que terão de mudar o letreiro ou a fachada da loja.

FRASE DA SEMANA

Sobre o fato do ex-presidente Lula ter anexado no processo da Lava Jato recibos de aluguéis, recebidos pela falecida esposa Dona Marisa, com datas que não existem, fica a frase: “O proprietário fantasma recebeu da inquilina defunta em um dia que não existe”.

Um bom final de semana a todos, lembrando que esta Coluna é meramente fictícia, com verdades e inverdades (cabendo a você, leitor, descobrir qual é qual?), e na sexta-feira que vem tem mais (se Deus assim consentir), lembrando que Raposão aceita dicas, opiniões, críticas e, é lógico, elogios (desde já, os agradeço), que podem ser feitos via e-mail, telefone (ver ambos abaixo), “sinais de fumaça” ou cartas para redação do BJD, situada à Av. Antônio Pires Pimentel nº 957, Centro, Bragança Paulista, CEP 12914-000.

Acompanhem também Raposão na Internet, pelos sites www.bjd.com.br e no Facebook (Raposão João Raposo Advogados Associados) ou no Instagram (joao_raposo João Raposo Advocacia – Raposão).

João José Raposo de Medeiros Jr. é advogado e colaborador do BJD desde 1982. Contatos pelo e-mail joao_raposo@terra.com.br ou pelo tel. 9-8353-5626 (cel. TIM) (digite o número 9 mais a palavra “TELEJOAO” no teclado do tel que dá esse número, bem mais fácil de guardar, não?) ou pelo Whats App (ZapZap) 9-9903-4555 (cel. VIVO).