BJD
33 máx 20 min
BragançaPaulista18 Jan 2018


Colunistas


Raposão e a “nutricionista”
Sexta-Feira,  01 SET 2017
Tamanho dos caracteres

 Quem pensou que Raposão ia falar que criou vergonha na cara e resolveu ir à nutricionista, fazer dieta, perder uns quilinhos, fazer uns exercícios, dar uma controlada no diabetes, enfim, dar uma geral para voltar a ser o príncipe que foi outrora e não o “sapinho” que é hoje, se enganou “redondamente”! (já que estamos falando de nutricionista, o termo “redondamente” cai bem aqui).

Na verdade, Raposão está pensando em fazer cirurgia de estômago, ou seja, instalar “um segundo estômago”, porque um só não está dando conta de tanta picanha não! Mas, voltemos ao assunto, pois a “nutricionista” da qual Raposão quer falar é aquela que foi contratada para manter a forma da primeira dama Marcela Temer. Oras bolas, por que eu tenho de pagar uma nutricionista para a Marcela??? Além do mais, já acho que ela está demais bonita, então nutricionista prá que??? E ainda mais eu e você pagando!?

Digo mais: se tivessem me consultado, eu mesmo fazia esse serviço e de graça!!! Me formaria em nutrição rapidinho para atender a Marcela! Imagina se eu iria cobrar da primeira dama federal!? Nunca!!!!!

Os tempos do Império e da Monarquia passaram, mas os hábitos de fazer os “plebeus” pagarem as contas, os supérfluos e luxos dos reis e rainhas ainda sobrevivem, acho até que com mais força hoje do que naquela época!

O Brasil precisa de “uma limpa” geral, resta saber como fazer isso sem que os “uniformizados” assumam? (lá me vem novamente esse maldito pensamento de intervenção militar que abordei na coluna da semana passada. Se você não leu ou não viu, veja no site do BJD. E que Deus tire e afaste esse pensamento de mim!).

Ah! Um recado para a primeira dama Marcela: ainda está de pé a gratuidade para acompanhá-la em sua rotina diária alimentar. Basta me contatar, o telefone está no final desta coluna.

Raposão aguarda.

FUMAÇA

O acidente ocorrido na Rodovia Carvalho Pinto, altura do km 75, na última quarta-feira, mostra o quão perigosas podem ser as queimadas próximas às rodovias. 36 carros (você não leu errado não! “trinta e seis” carros) se “engavetaram” e, pelo que tudo indica, a causa pode ter sido fumaça obstruindo a visão na pista, provavelmente vinda de uma queimada em um “pasto” próximo ao local. Os carros se incendiaram e duas pessoas morreram.

Na verdade o acidente teve início quando os carros diminuíram a velocidade devido à fumaça e duas carretas não conseguiram frear, batendo nos carros e se incendiando. Resta saber se foi mera distração dos motoristas das carretas ou impossibilidade mesmo de frear devido o peso delas.

A verdade é que fumaça, serração, neblina, são fatores de alto risco de acidentes, mas a proporção e tamanho deste acidente (que parece ser coisa de “filme de cinema”) mostra que o perigo é muito maior que a gente pensa.

Fica o alerta: cuidado com “fumaça” na pista!

FUNDO ELEITORAL

Raposão, ainda indignado com esse tal de fundo eleitoral que os deputados estão aprovando lá em Brasília, fundo este que irá financiar a campanha eleitoral deles mesmos (uma “bagatelinha” de uns SEIS “BILHÕES” DE REAIS), viu, nem se lembra onde, uma boa definição para tal fundo. Anote aí: “Fundo eleitoral é um dinheiro que será roubado de você para você eleger quem vai roubar você”.

Isso me faz recordar, novamente, da coluna da semana passada, com aquele maldito pensamento de interdição militar que me vinha sempre à cabeça... Mas, diante de tantas mazelas, de tanta impunidade e de tanta cara de pau, repito: como não pensar em uma intervenção?
Oro, rezo e peço sempre a Deus para tirar isso da minha cabeça.

“POR QUES”

Ainda sobre tal “fundão eleitoral”, Raposão só queria saber e entender porque eu e você temos de pagar campanha política de deputado, de senador e toda essa gente que está aí, se eu quero justamente o contrário, ou seja, que eles saiam, que haja renovação e, se possível, sumam todos eles!? Mas, se fosse só isso, “tava’ bom demais, sô! Mas, os “porquês” não param aí. Vejam quantos porquês:

- Por que nós temos de pagar carro para os políticos, ou melhor, carros “de luxo” para políticos? Nessa toada, por que nós temos de pagar motorista para esse pessoal?

- Por que nós temos de pagar um monte de passagens aéreas para os parlamentares visitarem “suas bases” o tempo todo? Nessa toada, por que temos de pagar “bolsa aluguel”, “bolsa moradia”, “bolsa paletó” (isso mesmo que você leu! Pagamos até o paletó novo que o político vai usar!?).

A verdade é que a gente paga roupa, paletó, apartamento, casa, nutricionista, carro de luxo, motorista, cursos (geralmente em cidades tipo “Paris” – esse pessoal não vai fazer curso em “Piri do Sertão” ou no Haiti não!!!), hotéis (e põe estrelas nisso!), dúzia ou dezenas de assessores, etc, etc, etc, etc, etc, etc...e põe etc nisso!!!

Pasme: tem até “bolsa fruta” (me refiro “a um” Tribunal de Justiça lá do Paraná), onde até a “frutinha” que o desembargador “degusta” é a gente que tem de pagar!!!?? Ora, por que?

E o paletó? Acredite! Tem tribunais que têm verba reservada para desembargador comprar gravata de luxo e paletó dos bons! E eu e você pagamos isso!!! Por que?

Como se vê, o Brasil tem muitos “porquês” a resolver. E vendo esse monte de “porquês”, lá me vem à mente o triste pensamento de intervenção militar novamente. Que coisa! Será isso um problema psiquiátrico? Alguém aí me indica um psicólogo!?

CUCA OU BARRIL ?

O técnico Cuca, do “cambaleante” Palmeiras, acabou não caindo no domingo passado. Tudo porque teve “muita sorte” contra o tricolor, afinal era para ter levado de uns 8 e acabou ganhando com uns “gols achados”. A famosa frase “quem não marca, toma” “coube certinha” no clássico entre São Paulo x Palmeiras.

Raposão vai aqui fazer a “arte da comparação”, afinal nada melhor que comparar o Palmeiras com o nosso glorioso e amado Ferroviários Atlético Clube, mais conhecido como “FAC”, um dos times mais queridos do nosso futebol amador.

Tal como o Palmeiras, o FAC, cujo técnico é meu amigo Paulinho do Barril, recebeu investimento pesado, em busca de mais um título do Campeonato Amador Estadual, mas teve um tropeço, na semana retrasada, quando empatou um simples amistoso, na amável cidade de Pinhalzinho.

Diante de tal pressão, fica aqui a pergunta: embora a queda de Cuca seja questão de tempo, quem você acha que vai cair primeiro, Cuca ou Paulinho do Barril?

Façam suas apostas!

Raposão, obviamente, aposta no Cuca! Barril é bem mais forte e mais pesado que Cuca!

Um bom final de semana a todos, lembrando que esta Coluna é meramente fictícia, com verdades e inverdades (cabendo a você, leitor, descobrir qual é qual?), e na sexta-feira que vem tem mais (se Deus assim consentir), lembrando que Raposão aceita dicas, opiniões, críticas e, é lógico, elogios (desde já, os agradeço), que podem ser feitos via e-mail, telefone (ver ambos abaixo), “sinais de fumaça” ou cartas para redação do BJD, situada à Av. Antônio Pires Pimentel nº 957, Centro, Bragança Paulista, CEP 12914-000.

Acompanhem também Raposão na Internet, pelos sites www.bjd.com.br e no Facebook (Raposão João Raposo Advogados Associados) ou no Instagram (joao_raposo João Raposo Advocacia – Raposão). - ADVOGADO João José Raposo de Medeiros Jr. é colaborador do BJD desde 1982. Contatos pelo e-mail joao_raposo @terra.com.br ou pelo tel. 9-8353-5626 (cel. TIM) (digite o número 9 mais a palavra “TELEJOAO” no teclado do tel que dá esse número, bem mais fácil de guardar, não?) ou pelo Whats App (ZapZap) 9-9903-4555 (cel. VIVO).