BJD
33 máx 20 min
BragançaPaulista18 Jan 2018


Colunistas


“Pássaro de Fogo - Ballet de Strawinsky”
Quinta-Feira,  15 JUN 2017
Tamanho dos caracteres

 O Pássaro de Fogo é uma lenda russa. Talvez as pessoas tenham ouvido falar em Fenix, que está presente na cultura de alguns países, como por exemplo, na mitologia grega.

O Pássaro de Fogo é parecido a ela, com exceção das lendas que são descritas como sendo metade mulher. As penas possuem um brilho intenso e mesmo quando são arrancadas do seu corpo, continuam a brilhar. Muitos acreditam que são penas de ouro e por isso emitem brilho forte.



Acreditam também que o pássaro de fogo é capaz de se comunicar com pessoas e usa isso para dar orientação e conselhos a quem julga merecedor, mas também pode criar ilusões para enganar aqueles a quem não julga digno.

As lendas sobre o Pássaro de Fogo geralmente o colocam no papel de algo a ser capturado em uma missão difícil. O outro ponto comum entre as lendas é que quase sempre a missão é iniciada quando alguém encontra uma de suas penas e ao final culpa a pena por seus problemas”.

Igor Strawinsky exerceu enorme influência sobre várias gerações de músicos europeus e americanos. Surgiu com obras sensacionais em Paris antes da Primeira Guerra Mundial: “O Pássaro de Fogo”, “Petruska” e a grandiosa “Sagração da Primavera”, que marcou uma época.

A partir daí, criou incansavelmente e em todos os gêneros musicais, até o da ópera - “O Rei Édipo”, “Mavra”, “A Carreira do Libertino”, entre outras. Strawinsky entrou para a história como um dos maiores inovadores de todos os tempos.