BJD
33 máx 20 min
BragançaPaulista18 Jan 2018


Colunistas


Raposão e a “Cracolândia”
Sexta-Feira,  02 JUN 2017
Tamanho dos caracteres

  Definitivamente, Raposão acha que o mundo está de ponta cabeça! Afinal, é atentado terrorista em local frequentado por crianças e adolescentes, pai matando filho, avião que cai por não ter sido abastecido, etc, etc, e agora, pasmem, até tem gente indo a favor da tal “Cracolândia”, dizendo ser aquilo, ou melhor, que as pessoas que lá estão é um direito de liberdade delas (como é que é???).

Creio que quase a totalidade das pessoas que estão lá (refiro-me aos dependentes e não aos traficantes e outros que lucram ou lucravam com aquilo) esteja em uma situação onde não conseguem se autodeterminar? Ou seja, a liberdade deles sobre si mesmos não existe mais, eles precisam de ajuda, de compaixão e, principalmente de medidas efetivas que os tirem dessa situação.

A própria Justiça parece que também entendeu isso, pois autorizou a internação compulsória, ou seja, independente da vontade dos viciados, e isso abre a possibilidade de abordar quem lá esteja e encaminhar para avaliação médica e, se for o caso, para internação.

Parece que desta vez a “Cracolândia” está realmente com seus dias contados, mas, mais importante que isso, parece que os dependentes terão uma luz no fim do túnel, com uma chance real de voltarem a viver, deixando o estado de “zumbi” que vivem.

Raposão acha que se só uma vida for resgatada desse tremendo mal que é a dependência de drogas, já terá valido a pena.

Somente o tempo dirá...

“CARTA FORTE”

Para clarear e demonstrar mais esse problema da “Cracolândia”, e a preocupação que tenho em ver muita gente fazendo “politicagem” com esse assunto, afinal, muitos querem que isso não dê certo, justamente para não fortalecer ainda mais o prefeito João Dória, que vem fazendo um mandato maravilhoso, vou transcrever, a seguir, uma carta que me foi enviada, feita por uma médica, que obviamente omito seu nome.

Leiam e reflitam:

“Há algum tempo, atendi uma paciente, que foi resgatada à força pela família, da Cracolândia em SP. Estava pesando 34 kg, tendo 1,67m de altura. Estava com sífilis, AIDS e foi a tuberculose mais extensa que vi na vida. Pra se ter ideia, nem em foto de livro vi nada igual. Contou-me que vivia há 2 anos lá. Fazia sexo com até 20 desconhecidos por noite, ao preço de 5 reais, para consumir tudo no mesmo dia, fumando pedra. Perdeu família, emprego, dignidade e a razão.

A pessoa que abre mão de uma vida, pra se tornar um escombro, um farrapo humano, uma fruta podre pisoteada na sarjeta, está doente e essa realidade em que vive, não é uma escolha ou uma “forma de protesto”. Quem é contra a internação compulsória dessas pessoas, certamente nunca teve um familiar nessa situação e nunca viu a Cracolândia de perto.

A internação compulsória é antes de mais nada um ato de caridade, de amor ao ser humano, que nada mais tem de ser e nem de humano. É tentar resgatar o último sopro de vida embalado em carne podre, lixo e violência. Inacreditavelmente tenho visto até quem defenda a existência da Cracolândia.

Os que defendem a existência das Cracolândias da vida são os maus e desonestos, que enxergam o ganho político no sistema demagógico e os imbecis das claques de esquerda que apenas repetem as mesma bobagens de sempre. Por favor, mais amor e menos demagogia”.

Raposão partilha da mesma opinião desta médica e apenas acrescento que isso não é uma briga de “direita” ou de “esquerda”, mas deve ser sim uma briga de todos nós, unidos, por um futuro melhor dessas pessoas. Espero que o primeiro de um grande passo tenha sido dado.

Mais uma vez, o tempo dirá...

RAPOSÃO É JUSTO !

Há algumas semanas postei aqui que algumas ruas do Jardim Europa estavam parecendo que tinham sido bombardeadas, tamanha as “crateras” que elas tinham. Queria enaltecer aqui que a Prefeitura passou por lá e arrumou os buracos, dando uma “sobrevida” às ruas de lá.

Parabéns à Prefeitura! Os moradores de lá agradecem!

RUAS DO CENTRO...


...estão sendo asfaltadas e, acredite, na sua “totalidade” (não é um “remendinho”, não!). Acreditem! Estão mesmo! Confesso que não me recordo da última vez que Raposão viu isso! Achei que morreria (que Deus me dê vida longa e saudável!!!) antes de ver isso novamente!

Mil vezes parabéns! Torço para que a cidade toda seja recuperada.

ATENÇÃO COM A SABESP !

Raposão não quer “gorar” o asfalto que agora está sendo refeito nas ruas da cidade, mas alerta: É PRECISO FICAR ATENTO COM A SABESP!!!

Alguém quer apostar que, já já, a Sabesp vai “furar” esse asfalto novinho que foi feito e vai fazer aquele “remendão” horrível que ela faz, deixando solavancos e tudo de ruim???

Caso isso ocorra, ou seja, se a Sabesp furar “asfalto novo”, justo seja que ela asfalte “tudo” de novo, entregando como estava, ou Raposão está errado? Afinal, não podemos deixar jogar no “lixo” todo esse belo serviço que agora está sendo feito e o dinheiro que está sendo gasto.

Aliás, há anos Raposão pede para que isso, ou seja, para que o modo de reparo que a Sabesp faz nos buracos que “cavoca”, seja estipulado nesse novo contrato que está para ser feito, cuja renovação encontra-se mais enrolada que a reforma do Colégio São Luiz!

Aguardemos...e fiquemos atento!

FRASE DA SEMANA

Raposão, sempre apelando para o bom humor, aproveita para dar uma cutucada, pois a frase da semana que escolhi é a seguinte: “Se quiser mudar o mundo, faça enquanto está solteiro, porque casado você mal conseguirá mudar do canal da novela da TV, quem dirá o mundo!”.

Um bom final de semana a todos, lembrando que esta Coluna é meramente fictícia, com verdades e inverdades (cabendo a você, leitor, descobrir qual é qual?), e na sexta-feira que vem tem mais (se Deus assim consentir), lembrando que Raposão aceita dicas, opiniões, críticas e, é lógico, elogios (desde já, os agradeço), que podem ser feitos via e-mail, telefone (ver ambos abaixo), “sinais de fumaça” ou cartas para redação do BJD, situada à Av. Antônio Pires Pimentel nº 957, Centro, Bragança Paulista, CEP 12914-000.

Acompanhem também Raposão na Internet, pelos sites www.bjd.com.br, no “www.youtube.com. br” (digite “João Raposo Raposão”), no Facebook (Raposão João Raposo Advogados Associados) e no Twitter (@joaoraposojr), onde poderá acompanhar as “peripécias” de Raposão, praticamente em “tempo real”.


João José Raposo de Medeiros Jr. é advogado e colaborador do BJD desde 1982. Contatos pelo e-mail joao_raposo@terra.com.br ou pelo tel. 9-8353-5626 (cel. TIM) (digite o número 9 mais a palavra “TELEJOAO” no teclado do tel que dá esse número, bem mais fácil de guardar, não?).