BJD
33 máx 20 min
BragançaPaulista18 Jan 2018


Colunistas


Raposão e a morte como solução!?
Sexta-Feira,  12 MAI 2017
Tamanho dos caracteres

 Raposão sempre achou que a morte seria o fim de tudo aqui no plano material. Triste engano! “Vendo” o depoimento de Lula perante Sérgio Moro, fiquei com dó da falecida mulher dele, Marisa Letícia, pois ela “levou” a culpa de quase tudo! Só faltou Lula dizer que o rombo na Petrobrás também foi por culpa dela também!

Uma coisa Raposão tem certeza: Lula não mentiu! Quem mentiu foram todos os outros “128” depoentes e mais uns “210” que ainda vão depor!!!

ÓBVIO ULULANTE

“Raposão também é cultura” e hoje, para aqueles que não sabem, vamos aprender o significado do termo “óbvio ululante” (ééééé´...nem só bobagens você lê por aqui!).

Ululante é um adjetivo que qualifica algo ou alguém que “ulula”, ou seja, que uiva, grita, berra e emite sons de lamento. Uivar vem do latim “ululare”, que significa uivo, o som emitido por cães e outros animais caninos, um ganido prolongado para ameaçar alguém ou chamar atenção.

O termo “ululante”, no entanto, se popularizou através do grande escritor brasileiro Nelson Rodrigues, que escreveu, entre outras coisas, o livro “O Óbvio Ululante”, em 1950. Neste caso, a palavra “ululante” também pode expressar o sentido de “algo que é óbvio, de clara observação”, ou seja, que está “na cara”.

Portanto, após essa breve explicação, acho que podemos afirmar que o depoimento de Lula foi óbvio ululante, pois ele tudo negou, disse que de nada sabia, que nada fez, que nada recebeu, que nada articulou, que nada presenciou, que nada era dele, que é tudo de amigos dele, enfim, ou o “cara” é de um cinismo enorme e um mentiroso contumaz, ou é um “cara” extremamente “inocente”!!! (uso esse termo porque hoje Raposão está educado, pois minha vontade era usar outro termo, bem mais adequado, mas impróprio para usar aqui, pois menores de idade poderão ler).

Apenas uma observação: já reparou que ululante tem a palavra “lula” no meio dele!?

LEMBRANÇA

Fala a verdade: quando falamos no ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, qual a primeira coisa que vem a sua mente?

Raposão aposta que a lembrança que vem é que ele teve um caso com a estagiária Mônica Levinsky, acertei? Pois é, ninguém lembra que Clinton foi quem equilibrou, pela primeira vez em 300 anos, o orçamento americano. Agora, fale a verdade: quando falamos em Lula, o que vem primeiro à sua mente? Honestidade ou ladroagem e falcatruas?

ALGUÉM EXPLICA?

O governo quer reformar a Previdência porque afirma que o país não tem mais dinheiro para mantê-la do jeito que está! No entanto, paga para os políticos salários altos, aposentadorias precoces, auxílio moradia, auxílio paletó, assessores, viagens, hospedagens, carro e gasolina à vontade (alguns “rodam” quilometragem suficiente para dar a volta ao mundo), motorista, etc, etc.

Pergunta: será que o governo pensa que o povo é otário?

Dinheiro, como se vê, tem, o que acontece é que ele é muito mal empregado e administrado! Mexer nas “mordomias” jamais! Melhor mexer no dinheirinho do povo e do aposentado, não é mesmo?

Brasil, Brasil: até quando????

AUDITORIA

Sempre fui da opinião que algo mal “auditado” jamais “anda na linha!”.

Raposão explica: nossos filhos, quando “acompanhados” durante o crescimento pelos pais, isso se chama “educação”, mas poderíamos chamar também isso como uma espécie de “auditoria” que fazemos nas crianças, ou seja, acompanhando-as, ensinando-as e fiscalizando suas condutas até a fase adulta, quando aí a “auditoria” será bem menor.

No mundo governamental também deve ser assim, ou seja, os governos, órgãos e empresas estatais devem ser acompanhados e auditados o tempo todo, pois só assim poderemos prevenir tudo que, infelizmente, não estamos prevenindo, ou seja, essa “roubalheira” toda que está por aí!
Eis o “x” da questão: o Brasil é um país muito mal auditado! Um dos motivos é que temos...

...MACACOS FORA DO GALHO

Nossos Tribunais de Contas são formados, na sua grande maioria, por “apadrinhados”, ou seja, por pessoas que estão ali indicadas por agentes ou políticos, muitos dos quais são os próprios a serem auditados, e aí Raposão pergunta: isso pode dar certo? Óbvio que não!

Como pode alguém que foi indicado, por exemplo, pelo governador, auditar as contas do próprio governador? E mais: normalmente esse “indicado” não entende bulhufas nenhuma de auditoria, aliás, acho que nem conta sabe fazer, pois lendo uma pesquisa sobre a origem dos membros de Tribunais de Contas, realizada pela ONG “Transparência Brasil” e publicada num jornal de grande circulação da capital paulista, Raposão estranhou por que não pesquisaram a “profissão” na qual esses “profissionais” foram treinados. Escolher alguém que não tem formação técnica em contas e auditoria é “garantir” que as contas “malandras”, serão provavelmente aprovadas e não rejeitadas!

A verdade é uma só: membros de Tribunais de Contas deviam ser todos eles “concursados” e técnicos, pois do contrário continuaremos a ter essas “roubalheiras” que vemos todos os dias nos telejornais da vida!

O TEMPO PASSA...

...e começa a ficar preocupante o estado que se encontra a nossa querida Bragança.

Bragança tem problemas pontuais e, pior, que já viraram rotineiros e estão praticamente “incorporados” no dia a dia do cidadão bragantino.

Um deles, sem dúvida alguma, é o péssimo estado das nossas vias, quase todas elas com buracos, aliás, chamar de buracos é menosprezar as verdadeiras “crateras” que temos espalhadas pela cidade. E pior: não vemos elas serem tapadas ou um serviço capaz de atender toda a demanda. Tem buraco aí que já já vai fazer aniversário.

Apenas um exemplo: o Jardim Europa tem em quase todas suas vias buracos, algumas vias, como “dissemos” acima, tem é “crateras” enormes!!! O interessante é que bem ali, no cruzamento da Avenida Europa com a Alameda Alemanha, tem um outdoor que fala “mais ou menos” o seguinte: “o governo estadual doou recurso para a pavimentação das ruas”. Esse outdoor está lá há uns 10 meses ou mais! E as ruas continuam esburacadas e muito mal consertadas.

A “falta” de dinheiro, tão “presente” no início desta administração, parece estar perdurando e, o que é pior, se “perpetuando”, e isso faz essa crise se concretizar como uma das maiores já vistas pelos municípios brasileiros, tudo eclodido pela péssima administração PT e Cia, especialmente no âmbito federal.

O Brasil e seus Estados e municípios estão quebrados. Sérgio Cabral que diga! Triste isso! Muito triste! Quem sofre com isso são os cidadãos...e nossos carros! Até bom que sejam nossos carros, pois se fomos falar da nossa Saúde “terceirizada”, aí sim temos assunto para umas três colunas!

Como Raposão “disse” acima: triste isso! Muito triste!

A verdade é que a administração atual vai ter que achar um meio de resolver esse problema. Como? Raposão não vai responder, Raposão não é prefeito!

XIXIZINHO

Atenção pessoal que faz “xixi” nas árvores ou em qualquer lugar (vejo ocorrer muito isso “nas saídas de baladas”): esse ato, que já era atentado ao pudor, agora vai ficar mais atentado ainda, com a aprovação de uma lei pela nossa Câmara de Vereadores, que prevê multa! Ou seja: o xixizinho rápido e urgente, bem ali para regar uma pobre plantinha seca, pode sair caro!

Quem deve estar com os dias contados, caso não entre “na linha”, é a parada gay, ali corre solto bem mais que um xixizinho “inocente”, mas vários outros atos que podem configurar atentado ao pudor! Ali sim a multa vai correr solta! Mas, se você for como Raposão, ou seja, daqueles que não conseguem fazer um xixi que não seja trancado entre quatro paredes e “com a máxima concentração” possível, não se preocupe e nem se desespere: jamais será multado!!!!

Um bom final de semana a todos, lembrando que esta Coluna é meramente fictícia, com verdades e inverdades (cabendo a você, leitor, descobrir qual é qual?), e na sexta-feira que vem tem mais (se Deus assim consentir), lembrando que Raposão aceita dicas, opiniões, críticas e, é lógico, elogios (desde já, os agradeço), que podem ser feitos via e-mail, telefone (ver ambos abaixo), “sinais de fumaça” ou cartas para redação do BJD, situada à Av. Antônio Pires Pimentel nº 957, Centro, Bragança Paulista, CEP 12914-000. Acompanhem também Raposão na Internet, pelos sites www.bjd.com.br, no “www.youtube. com.br” (digite “João Raposo Raposão”), no Facebook (Raposão João Raposo Advogados Associados), Instagram, etc, etc . 

João José Raposo de Medeiros Jr. é advogado e colaborador do BJD desde 1982. Contatos pelo e-mail joao_raposo@terra.com.br ou pelo tel. 9-9903-4555 (cel. VIVO)