BJD
33 máx 20 min
BragançaPaulista18 Jan 2018


Colunistas


Ignorância em massa
Quinta-Feira,  21 MAR 2013
Tamanho dos caracteres

 A luz interior é um estado da alma. Muitos andam permanentemente em trevas. A ignorância é cultivada em massa, quando se evita o esclarecimento íntimo. Ante a grandeza da vida, poucos avançam para a lucidez espiritual, que produz a iluminação do ser.

A fase infantil da escalada humana rumo ao infinito ainda não foi superada por muitos. Como crianças na escola da vida, os homens ainda se ocupam com futilidades e brincam de viver. As questões efêmeras permanecem como centro de atenção, e poucos se esforçam por se tornar conscientes ou lúcidos no que se refere à realidade do universo.

Alguns, que tentam superar os limites estreitos da fase infantil, começam a despertar a luz bruxuleante da consciência de humanidade. Mas, com as imposições da sociedade contemporânea, demoram-se demasiado na fase da adolescência espiritual.

Aí é que se manifestam os conflitos conscienciais e psicológicos, os traumas, medos e ansiedades que emergem do passado espiritual por imposição da lei do carma. O homem encontra-se dividido entre a possibilidade do crescimento espiritual e os apelos do mundo, produto de uma sociedade que submerge nas vagas da mendicância moral.

Aqueles que ousam desafiar o sistema e o estado de coisas reinante logram atingir a iluminação interior. Mas isso não se dá sem os conflitos que são gerados pelo avanço espiritual.

Paulo de Tarso classificou esse estado de conflito íntimo como sendo a batalha da lei do pecado e da morte contra a lei da vida, o homem velho e o homem novo.

Ninguém se engane quanto às condições em que se darão a ascese espiritual. Não há elevação sem lutas, e luz alguma se acende sem incomodar as trevas.

É preciso fazer luz na escuridão de todas as almas que ainda se mantém prisioneiras do passado sombrio. A luz verdadeira é iluminação da consciência e a sensibilização do coração, que produz o equilíbrio íntimo.

Livro: Serenidade – Uma Terapia Para a Alma
Robson Pinheiro, pelo Espírito Alex Zarthú
Casa dos Espíritos Editora


IGNORANCIA E MATERIALISMO

A Doutrina Espírita tem ainda muito a vencer, sobretudo no campo do esclarecimento das mentalidades incultas.

Muita gente pensa que nós somos uns seres esquisitóides e paranóicos, e que temos a preocupação de falar com os mortos. Não, a nossa preocupação maior é falar com os vivos.
O Espiritismo veio projetar no mundo uma nova filosofia e trazer uma nova vida que nos ensina a amar o próximo.

Veio dar uma estrutura nova ao Cristianismo e não combater Religiões.
A tarefa do Espiritismo é colaborar na edificação de uma nova humanidade. Desalgemar o Homem do materialismo.

Divaldo Pereira Franco
Livro: A Serviço do Espiritismo
(Divaldo Franco na Europa)
Nilson de Souza Pereira, Divaldo Pereira Franco, por Espíritos Diversos

EAL – Livraria Espírita Alvorada Editora